quinta-feira, 9 de julho de 2015

Tree Of Savior - O Jogo que tem tudo pra ser melhor que Ragnarok


Conhecido, “Pai dos jogos online coreanos", Hakkyu Kim foi ex-CEO da produtora de jogos online Gravity Corporation, sendo responsável por atuar em grandes sucessos de mercado como Arcturus e o renomado Ragnarok Online. Deixou a Gravity Co. em 2002 por restringirem seu trabalho criativo. Um ano depois, fundou sua própria companhia, a IMC Games Co. em Seoul, na Coréia do Sul.

No início de 2006, Kim lançou o "jogo dos sonhos" Granado Espada, Um MMORPG baseado em um mundo fictício que reflete a Era dos Descobrimentos, com os colonizadores Europeus procurando pelo Novo Mundo. Em Dezembro de 2006, Granado Espada recebeu o prêmio coreano de melhor jogo eletrônico do ano.

Em 2013, Hakkyu Kim volta a apresentar no evento G-Star, porém agora, com um novo título – “Tree of Savior’. Nessa conferência, os fãs tiveram a oportunidade pela primeira vez de vislumbrar o incrível trabalho de Kim e sua equipe, no primeiro trailer do jogo.


Desde seu primeiro avistamento em 2011 até 2013, Tree of Savior sofreu algumas mudanças como arte, sprites dos personagens, etc. A IMC Games está focando em desenvolver várias maneiras para uma mecânica em que seu personagem se torne único entre todos os jogadores. Eles planejaram um sistema complexo de habilidades e atributos. Quando você progride com seu personagem, você ganha pontos para distribuir em habilidades e atributos, dos quais serão: ataque, vitalidade, espírito e agilidade.

O jogo também terá um sistema de match making, coisa que nunca se viu em Ragnarök Online, esse sistema funciona de uma maneira muito simples, é um sistema que em outros jogos já existe a um bom tempo, você não necessita esperar que alguém entre no seu chat para começar a chamar o pessoal para grupo, você pode iniciar o sistema sozinho ou com alguns jogadores já em seu grupo, e o mecanismo procura em todo o servidor por alguém que queira fazer a mesma dungeon, matar o mesmo boss, etc…


Tree of Savior foca muito mais na coleção de itens e sistema de leveling do que missões de historia e missões extras, mas estas não deixarão de estar presentes no jogo. Os jogadores poderão competir entre si sem precisar de PvP devido ao sistema de ranking e conquistas que o jogo terá, dando mais oportunidades de competitividade para os jogadores. Por exemplo, se um jogador possuir equipamentos com danos altos, ele será classificado no ranking de “maior dano” . Também existem os jogadores que gostam de exploração, esses também terão seu lugar no ranking de exploradores.

Tree of Savior irá inicialmente dispor de 80 classes, cada uma delas poderá ser avançada 10 vezes.
Existem classes secretas que irão exigir alguns feitos do jogador, como completar alguma missão, ter uma certa quantidade de pontos no ranking, possuir tais itens, etc.

 

Profissão, habilidades e atributos poderão ser misturados juntas; Jogadores não precisarão seguir guias, existem várias maneiras diferentes e únicas de montar e desenvolver seu personagem. Um sistema de comunidade onde qualquer pessoa pode participar de raids quando quiser. 

Tree of Savior será um MMORPG de mapas variantes entre grandes e pequenos e serão zoneados, ou seja, existirá uma transição entre os mapas. Cada mapa terá sua própria ambientação como mostra a imagem acima. A IMC Games também está planejando espalhar mais de 200 chefes no jogo em raids, nos campos e dungeons. Os jogadores poderão transitar de mapas em mapas livremente e admirar lindas áreas nas temáticas que o jogo irá oferecer.

A Nexon confirmou que o "Tree of Savior" será lançado no segundo semestre de 2015.