quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Scream vai ter sua 1ª temporada exibida no Netflix

Com a segunda temporada de Scream programada para 2016, o serviço de streaming Netflix anunciou que a série Scream vai ter todos os seus 10 episódios da 1ª temporada disponíveis aqui no Brasil, a partir de amanhã (1º de Outubro). Confira o anúncio:

Scream‘, a nova produção original Netflix, é baseada nos filmes de Wes Craven. Na série, a adrenalina é o principal ingrediente desta história de suspense, mentiras e mistério, onde qualquer um dos habitantes de Lakewood pode ser o assassino. Está preparado para morrer de medo e descobrir quem é o criminoso? 

Nat Wolff como Light Yagami em Live-Action de Death Note

Depois da Live-Action lançada em 2006, chegou a vez dos americanos fazerem uma live-action do anime Death Note, o filme que será uma parceria da Warner com a Nippon TV, pelo jeito, já está tudo certo para sair do papel. Para fazer o papel do "vilão" protagonista Light Yagami/Kira foi escolhido o ator Nat Wolff, que ficou conhecido por fazer os filmes "A Culpa é das Estrelas" e "Cidades de Papel", ambos do autor John Green.

Além de ter Adam Wingard (Você é o Proximo, V/H/S/ 1 e 2) como diretor do filme, Dan Lin, Jason Hoffs, Roy Lee e Masi Oka farão parte da produção do longa-metragem que começará a ser filmada em 2016.

As dúvidas ficam as mesmas de sempre quando se é anunciando que vai ter uma live-action para ser lançada, e que só aumentam quando se é anunciada que é feita por americanos. Assim como Death Note, a live-action de Naruto também está para ser lançada e que também corre muitas dúvidas sobre ser bem feita e fiel ao anime/mangá, afinal, a decepção com o filme americano de Dragon Ball assombra a todos até hoje! 

Censura nas Hq...

capa variante da vindoura série solo da Mulher-Aranha, da dupla Dennis Hopeless e Greg Land, desenhada pelo lendário artista italiano Milo Manara, levantou uma discussão a respeito de como retratar personagens femininas nos quadrinhos.

Toda a polêmica foi em torno da pose sexualizada da heroína, e de seu uniforme ter o aspecto de pintura corporal, o que reforçou um dos maiores “sofrimentos” da heroínas dos quadrinhos: seus guarda-roupas.

Na ocasião, o editor-chefe da Marvel, Axel Alonso, pediu publicamente desculpa pela “mensagem confusa” transmitida pela capa.  “Queremos que todos,  a maior parcela possível de leitores,  sinta-se  bem-vindo para ler Spider-Woman, alonso ao site Comic Book Resources. 


Entre os campeões do departamento de reclamações da Marvel está Frank Cho, responsável por ilustrações censuradas de ShannaMary Jane Watson e Feiticeira Escarlate. O artista é um especialista em retratar heroínas e abusa da sensualidade em suas obras.

Em Ultimate 3 - A capa mostrava Feiticeira Escarlate (Wanda) em momento Druuna tomando um pegão do Wolverine... mas foi boicotada a "nudez" da Feiticeira Escarlate colocando um lençol em volta dos personagens.

Longe das maiores editoras americanas, Alan Moore e Melinda Gebbie sofreram duras críticas após o lançamento de 



Lost girls, em que personagens clássicos da Literatura Infantil foram retratados em cenas eróticas. O casal defendeu o uso das cenas como forma de humanizar os personagens, colocando-os em situações que todos vivemos.

A capa variante de Batgirl #41, feita pelo brasileiro Rafael Albuquerque. Nela, temos o Coringa apontando para a personagem de forma ameaçadora enquanto segura uma arma. Além disso, a heroína está chorando assustada. A capa faz parte de uma série comemorativa com o vilão, que completa 75 anos em 2015 e para quem conhece o histórico entre os personagens a capa remete à clássica história "A Piada Mortal", de Alan Moore e Brian Bolland.


Na graphic novel em questão, o Coringa aleija Barbara Gordon dando um tiro em sua espinha, fato que mudou a vida da personagem para sempre e é considerado umclássico na história das HQs.Assim que a capa foi divulgada na internet, a recepção foi imediata: a comunidade do Tumblr e Twitter (público-alvo da revista) começou uma campanha utilizando a hashtag #ChangeTheCover, pedindo para a DC Comics alterar a arte, considerada ofensiva e com apologia ao estupro.


Logo em seguida, surgiu outra hashtag, a #SaveTheCover, com fãs defendendo o desenho batendo na tecla da liberdade e na questão da homenagem. Um longo debate aconteceu nas redes sociais, com cada lado defendendo seus pontos de vistas, até que o artista brasileiro solicitou para a editora não publicar a capa.

Sensura 

A história virou manchete global e a discussão continuou rolando nas redes sociais. Mas afinal, não publicar a capa foi justo ou injusto?

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Novidades da google: Smartphones, novo android e novo chromecast

A espera dos fãs da Google chegou ao fim nesta terça-feira (29): após muitos rumores e informações vazadas, a empresa finalmente revelou sua nova geração de smartphones Nexus.Os novos nexus ( 5X e 6P) marcam a estreia oficial do sistema operacional Android Marshmallow
Os novos dispositivos tem a ideia de hardware potente, e um software mais elegante e rapido. Novamente, a linha proprietária da Google estabelece uma nova base sobre a qual outras fabricantes vão precisar trabalhar caso queiram conquistar a atenção — e o dinheiro — dos consumidores.
Segue abaixo as especificações dos novos smartphones da google.

Especificações técnicas – Nexus 5X

  • Sistema operacional: Android 6.0 Marshmallow
  • Tela: 5,2 polegadas com Gorilla Glass 3
  • Resolução da tela: 1920x1080 pixels
  • Densidade de pixels: 423 ppi
  • Chipset: Snapdragon 808
  • CPU: Hexa-core de 64 bits (dual-core ARM Cortex A57 e quad-core A53)
  • GPU: Adreno 418
  • Memória RAM: 2 GB de memória LPDDR4
  • Armazenamento interno: 16 GB ou 32 GB
  • Câmera traseira: 12,3 megapixels com pixels de 1,5 microns, abertura de f/2.0, foco automático auxiliado por IV, captura de vídeos em 4K (30 fps) e flash duplo CRI-90 de espectro amplo
  • Câmera frontal: 5 megapixels com pixels de 1,4 microns e abertura f/2.0
  • Bateria: 2.700 mAh
  • Conectividade: 4G LTE, NFC, Bluetooth 4.2
  • Sensores: sensor de impressão digital Nexus Imprint, Sensor Hub, Acelerômetro, giroscópio, barômetro, sensor de proximidade, sensor de luz ambiente, sensor de efeito Hall e Context Hub de Android
  • Portas e conectores: micro USB Tipo-C, entrada de áudio de 3,5 mm e entrada única de Nano SIM
  • Áudio: alto-falante único frontal e 3 microfones (1 frontal, 1 em cima, 1 embaixo)
  • Dimensões: 147 x 72,6 x 7,9 mm
  • Peso: 136 gramas

Especificações técnicas – Nexus 6P

  • Sistema operacional: Android 6.0 Marshmallow
  • Tela: 5,7 polegadas com Gorilla Glass 4
  • Resolução da tela: 2560x1440 pixels
  • Densidade de pixels: 518 ppi
  • Chipset: Snapdragon 810 v 2.1
  • CPU: Octa-core (quad-core Cortex A53 de 1,55 GHz e quad-core Cortex A 57 de 2.0 GHz)
  • GPU: Adreno 430
  • Memória: 3 GB de memória LPDDR3
  • Armazenamento interno: 32 GB, 64 GB ou 128 GB
  • Câmera traseira: 12,3 megapixels com pixels de 1,5 microns, abertura de f/2.0, foco automático auxiliado por IV, captura de vídeos em 4K (30 fps) e flash duplo CRI-90 de espectro amplo
  • Câmera frontal: 8 megapixels com pixels de 1,4 microns, abertura de f/2,4 e captura de vídeos em HD (30 fps)
  • Bateria: 3.450 mAh
  • Conectividade: 4G LTE, NFC, Bluetooth 4.2
  • Sensores: sensor de impressão digital, acelerômetro, giroscópio, barômetro, sensor de proximidade, sensor de luz ambiente, sensor de efeito Hall e Sensor Hub de Android
  • Portas e conectores: USB Tipo-C, entrada de áudio de 3,5 mm e entrada única de Nano SIM
  • Áudio: alto-falantes estéreo duplos frontais e 3 microfones (2 frontais, 1 traseiro) com cancelador de ruído
  • Dimensões: 159,3 x 77,8 x 7,3 mm
  • Peso: 178 gramas

Google Chromecast 2

Muito menos parecido com um pendrive com esteroides e bem mais próximo de um acessório moderno para ter em sua sala, o Chromecast adotou um formato de disco (disponível nas cores vermelho, amarelo e preto) com a conhecida logo do Chrome. A mudança não foi só uma questão estética: o aparelho agora conta com um pequeno cabo para conectar o eletrônico à TV; assim, não há riscos de faltar espaço para encaixar o dispositivo.
Já por parte de seu hardware, a diferença é ainda maior. Segundo a Google, o novo Chromecast suporta maior resolução de vídeo e tem menor tempo de buffering, resultantes de sua nova arquitetura WiFi dual-band. Graças a isso, ele também suporta conexões sem fio 802.11ac e se conecta a redes de 2,4 e 5 GHz sem dificuldade, alternando entre a melhor conexão automaticamente.
Entre todas essas melhorias, a melhor novidade fica pelo preço, que continua o mesmo (35 dolares), e ceve chegar no Brasil no valor de 200 R$.

Netflix aposta em séries originais



Netflix anunciou em relatório para investidores, que conquistou 3.3 milhões de novos assinantes em seu serviço de streaming durante o segundo trimestre de 2015. Representa quase o dobro em relação ao mesmo período no ano passado.

Desse total de novos assinantes, 2.4 milhões são dos EUA, totalizando 42 milhões de membros no país. Continuamos sem números específicos do Brasil – não revelados pela empresa – mas sabemos que a Netflix acumula 23 milhões de assinantes em outros países.

O serviço deve expandir para Japão, Espanha, Itália e Portugal ainda este ano, chegando na China em 2016. A previsão é de que até o fim de 2015 o total de assinantes chegue a 69.1 milhões em todo o mundo. Detalhe: 5.3 milhões de membros ainda recebem filmes em DVD via correio.

Quanto a receita, a estratégia continua sendo aumentar a base em detrimento do lucro. Apesar do crescimento de arrecadação – US$ 1.48 bilhão de dólares no último trimestre – a Netflix ainda opera no vermelho. As ações, por outro lado, cresceram mais de 100% no ano.



Outros dados do relatório apontam a importância das produções originais do serviço. 90% dos assinantes já assistiram alguma série ou documentário exclusivo da Netflix. Para 2016, o plano é investir 5 bilhões de dólares em conteúdo proprietário, mais US$ 1 bilhão em marketing.

A Netflix pode superar a audiência de grandes redes de televisão nos Estados Unidos até o final do próximo ano, de acordo com um analista da FBR Capital Markets. Ele indica que a empresa de streaming vem ampliando sua audiência a uma taxa de 40% ao ano e, somente no primeiro trimestre de 2015, seus assinantes consumiram mais de 10 bilhões de horas em vídeo.

Se a Netflix fosse avaliada pela Nielsen, empresa que faz pesquisas de público e audiência nos EUA, já estaria no mesmo patamar das redes de televisão ABC e NBC, podendo ultrapassar a CBS e a Fox no próximo ano. Atualmente, a Netflix possui mais de 62 milhões de assinaturas em todo o mundo.

Uma pesquisa realizada pela FBR e ClearVoice Research em abril indicou que a empresa pode ganhar 174 milhões de assinantes até 2020 e que 57% dos entrevistados prefere pagar pelo serviço de streaming do que por canais de televisão. Barton Crockett, analista da FBR, em entrevista ao The Street, disse que o preço pode ser determinante na escolha do consumidor. Enquanto a assinatura da televisão custa em média US$ 80 por mês, o Netflix sai por US$ 8 mensais.



Uma análise global dos dados de usuários conseguiu mostrar quais os episódios do começo de cada série foram os que “fisgaram” os assinantes. Isso é, qual episódio da primeira temporada foi responsável por fazer boa parte deles assistir todo o resto da temporada em uma tacada só.



segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Como ganhar créditos para comprar apps, jogos e muito mais no Google Play

Quer ganhar gratuitamente créditos que podem ser usados no Google Play para comprar jogos, aplicativos, livros, músicas e filmes? A companhia agora conta com uma ferramenta que concede prêmios aos usuários que se dispuserem a responder questionários.
Trata-se do Google Opinion Rewards, um aplicativo também gratuito disponível no Google Play. Você deve baixá-lo em seu aparelho e vincular sua conta da empresa para começar a receber as listas de perguntas.
Entretanto, não espere encontrar um banco de questionários prontinhos para serem respondidos. O Google Opinion Rewards os envia apenas quando é necessário, então só resta torcer para que algum apareça em breve para você embolsar créditos.
Quando isso acontecer, você receberá uma mensagem dentro da gaveta de notificações. Infelizmente, nem todos os questionários geram créditos, pois alguns deles servem mais para mapear o tipo de usuário que você é, para que pesquisas mais adequadas ao seu perfil sejam enviadas.
Vale a pena colocar no seu smartphone, para conseguir apps e musicas gratuitos.
e ae, vai instalar ?

X-MEN 92 volta em 2016


O anúncio foi feito pela Marvel Comics, durante evento para varejistas em Baltimore, com a presença dos roteiristas Chris Sim e Chad Bowers e dos artistas Alti Firmansyah e David Nakayama.


Na revista mensal “X-Men ’92”, os X-Men retornam do Battleworld de “Secret Wars” para seu próprio universo, onde a Escola Xavier reabre as portas. O colégio terá novos estudantes, com a chegada dos pupilos de Cassandra Nova (inimiga do grupo, uma espécie de “irmã gêmea” do Professor Xavier). Ainda não se sabe muito sobre o restante da trama; contudo, de acordo com a capa, é bem possível que vilões clássicos apareçam, a exemplo de Omega Vermelho, Exodus, Apocalypse, Fabian Cortez, Bastion, Mística, Trevor Fitzroy e a Ninhada. A estreia de “X-Men ’92” deve acontecer em maio de 2016.

No início dos anos 90, a entrada de um novo desenhista viria a dar novo gás aos mutantes: Jim Lee. O americano-coreano havia chamado atenção dos editores desenhando o Justiceiro, e logo foi realocado para a principal revista da Marvel. Nos anos 80 o sucesso dos mutantes era tal que já havia gerado vários spin-offs (séries derivadas): Novos Mutantes (com uma nova equipe de alunos adolescentes do Professor Xavier, já que os X-Men não eram mais tão jovens); X-Factor (uma equipe formada pelos X-men originais); e Excalibur (uma equipe com base na Inglaterra, formada por remanescentes dos X-Men que haviam deixado a equipe, no caso Kitty Pryde, Noturno, e Rachel Summers - a filha de Ciclope e Jean Grey de um futuro alternativo - além dos ingleses Meggan e Capitão Britânia). Também vale lembrar que Wolverine ganhou sua revista solo, onde vivia aventuras sozinho, longe dos demais X-Men. 

Assim haveria uma equipe dourada e outra azul, cada uma numa revista mensal. Enquanto a revista original se chamava Uncanny X-Men, a nova seria simplesmente X-Men. O número 1, lançado em agosto de 1991, se tornou a revista em quadrinhos mais vendida da história, com 8 milhões de exemplares vendidos! Até hoje esse recorde não foi batido - e jamais será, haja vista a queda das tiragens com o passar dos anos.

Esse fenômeno de vendas chamou a atenção dos produtores de TV, e assim apareceu a tão famosa série animada dos X-Men nos anos 90. O desenho foi responsável por criar toda uma geração de fãs e estender a fama dos X-Men além dos leitores de quadrinhos.

domingo, 27 de setembro de 2015

"Três é demais" retorna em 2016 pela NETFLIX



A série "Três é Demais", que fez grande sucesso nas décadas de 80 e 90, teve seu novo logotipo divulgado pela Netflix em seu Twitter.

A Netflix resgatou a série e fará uma nova temporada em 2016 e já encomendou 13 novos capítulos, e se chamará "Fuller House" -"casa mais cheia", em português, numa alusão ao nome original "Full House".  Na continuação, DJ está grávida e recém-viúva residindo em San Francisco. Sua irmã mais nova, Stephanie, e a sua melhor amiga também são mães solteiras e se mudam para sua casa com o intuito de ajudarem a criar seus filhos.


– Estivemos trabalhando nisso por anos. Quisemos dar crédito ao legado dos criadores originais, e não simplesmente jogar fora – disse Stamos a Kimmel. 

O ator, que agora também é um dos produtores do remake, adiantou que o primeiro episódio será uma reunião do elenco, antes de dar sequência efetivamente à história.
– É um trabalho de amor. Tentamos fazer dar certo por muitos anos, literalmente. E acho que agora finalmente ficou perfeito.

Além das irmãs Olsen, estão negociando com a Netflix os atores Bob Saget (Danny), Dave Coulier (Joey) e Lori Loughlin (Rebecca).
 "Três é Demais" teve oito temporadas exibidas entre 1987 e 1995. No Brasil, ficou conhecida por ser transmitida pelo SBT.


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Revelado o título da sequência de Prometheus!

O diretor Ridley Scott (Alien: O 8 Passageiro, Exôdo, Gladiador) já revelou qual será o nome da sequência do filme Prometheus, para a surpresa de muitos, o filme não continuará a ser chamar "Prometheus", em entrevista para HeyUGuys, Scott revelou que o filme se chamará Alien: Paradise Lost.

"Na verdade, o filme vai se chamar Alien: Paradise Lost, Sendo assim, o título Prometheus 2 foi descartado. Você conhece o poema Paraíso Perdido? É intelectual e há uma semelhança com o que falaremos no filme", afirmou o diretor, em alusão ao poema épico de John Milton, publicado em 1667.

O poema épico em questão utiliza toma como ponto de partida a Queda do Homem, episódio relatado no início dos livros sagrados das religiões abraâmicas (cristianismo, judaísmo e islamismo) que trata da queda de Lúcifer e da tentação que Satã faz cair sobre Adão e Eva, que até então viviam em paz no Éden.

O filme que irá começar suas filmagens no início de 2016 e tem data de estreia para 30 de maio de 2017, já foi confirmado que terá um ligação mais forte com os filmes da franquia "Alien" mas que ainda não será nesse, provavelmente no próximo filme ou no quarto, tendo em vista que o primeiro Prometheus, na verdade funciona como um "prequel" para o filme Alien - O Oitavo Passageiro (1979).

Infelizmente: você vai 'pagar a conta' da regulamentação do Netflix e WhatsApp


A Preocupação sobre a possibilidade de taxação de serviços como o WhatsApp e o Netflix nunca foi tão real. A Câmara dos Deputados até aprovou um imposto para tributar o Netflix. Agora, o presidente da  Associação Brasileira da Internet (Abranet) confirmou o que já era evidente: nós vamos ter que "pagar a conta" caso esses serviços sejam tributados.
"Não existe nada de graça. Se o governo aumentar os impostos sobre esses serviços, o usuário é que vai pagar a conta", disse Eduardo Parajo, que assumiu pela terceira vez a presidência do órgão em abril desse ano. Ele também manifesta a sua preocupação com relação à insegurança jurídica no setor sobre a forma como essa regulamentação será realizada: "Já temos um arcabouço tributário muito complicado".
O presidente da abranet defende dizendo que o setor precisa de "menos impostos e menos regulamentação".No ano passado o setor faturou 120 Bilhões.
Oque acham de pagar conta de regulamentação de whatsapp e netflix? Estou vendo que daqui a um tempo, vamos pagar 50 R$ por uma netflix :s

Mulher maravilha de Grant Morrison chega em novembro nos EUA


Com estreia em novembro, a história deve ter pouca ação, de acordo com Morrison, mostrando um foco maior na sociedade de mulheres que desenvolveram-se milênios à frente do restante da raça humana emThemyscira.
Então, o Yannick Paquette fez esse trabalho espetacular de design, no qual não há objetos fálicos. Os únicos objetos fálicos são as torres gregas que simbolizam esse eco assombrado da cultura da qual elas vieram.
O Avião Invisível da Mulher-Maravilha tem agora a forma de uma vagina, é a coisa mais incrível. Ele abre atrás e tem um pequeno capô de clitóris, tudo tem design baseado no feminino. […] E pelas primeiras 48 páginas do álbum, não há homens – apenas mulheres falando umas com as outras.



The Trial of Diana, que agora se chama Wonder Woman: Earth One, é o aguardado projeto que Grant Morrison e Yanick Paquette vem criando com a Mulher-Maravilha há alguns anos. A obra trará em seu foco uma nova origem da personagem, com uma abordagem mais feminista e incorporando elementos fetichistas e de bondage que havia em suas primeiras histórias. A data de lançamento do volume foi oficializada para 10 de novembro nos Estados Unidos.



quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Microsoft e Baidu fecham parceria para levar o Windows 10 à China


A Microsoft reconhece o poder de mercado da China e, para conquistar ainda mais a região, vai promover ações específicas para o país. Para ajudar nessa empreitada, o mais novo parceiro da gigante norte-americana é ninguém menos que oBaidu.
A corporação chinesa tem mais de 600 milhões de usuários ativos no país e é uma das maiores vias de acesso à controlada internet de lá. Na parceria, quem é consumidor de produtos da Baidu terá maior facilidade em fazer a atualização para o Windows 10 a partir de um canal de distribuição chamado "Windows 10 Express".
Além disso, o navegador e o buscador locais já estarão integrados ao sistema operacional. Apps do Baidu para vídeo, armazenamento na nuvem e mapas também serão desenvolvidos de forma otimizada para o Windows 10. Outros países que contam com empresas de forte presença local devem firmar parcerias similares com a Microsoft — e, na própria China, companhias como Tencent, Lenovo, Xiaomi (para o Windows 10 Mobile) e Qihoo 360 já fazem algo parecido.
Segundo a própria empresa, já são 10 milhões de máquinas com o Windows 10 na China e "centenas de milhões de PCs operando Windows".
Eu so digo uma coisa - Ainda bem que não é no Brasil !
E oq vcs acham sobre isso? gostariam que viesse para o Brasil? ou tem pesadelos so de ouvir?

Dark Horse anuncia minissérie do Rei Conan


Após a minissérie Conan the Cimmeriam, ter sido cancelada, a editora Dark Horse já confirma o retorno do Rei Conan nos quadrinhos, dessa vez voltando com King Conan: The Scarlet Citadel, e a equipe que irá realizar é formada pelo escritor Tim Truman, pelo artista Tomás Giorello e pelo colorista José Villarrubia, os mesmo que faziam a minissérie anterior. King Conan: The Scarlet Citadel terá quatro edições, sendo que a primeira será lançada em fevereiro.

A volta de BARB WIRE






Barb Wire, a caçadora de recompensas que fez parte da onda de bad girls dos quadrinhos anos 1990, e chegou a ganhar versão cinematográfica interpretada por Pamela Anderson, está voltando. A editora Dark Horse confirmou para 1º de julho, nos EUA, o lançamento de uma nova série que segue até o momento alcançando boas vendas. 

A nova HQ mostrará novas aventuras da loira nas ruas de Street Harbor. Ela vai enfrentar muitos gângsteres e correrá atrás de grandes recompensas. As duas capas acima são de Adam Hughes.

Barb Wire foi criada por Chris Warner nos anos 90, na Dark Horse Comics. Em 1996, houve um adaptação para o cinema, dirigido por David Hogan e protagonizada por Pamela Anderson. Em Steel Harbor, Barbara Kopetski - mais conhecida como "Barb Wire" - é dona de um bar e é uma caçadora de recompensas nas horas vagas (para ajudar a pagar as contas de seu bar, o Hammerhead). Ela é hábil em luta corpo-a-corpo e com armas. Mesmo com um irmão e vários aliados, ela é essencialmente uma solitária.

Teve vida curta, mas mesmo assim conseguiu ser adaptada para o cinema – num filme ruim, diga-se de passagem.


Sobre o filme:


Barb Wire - A Justiceira

(Barb Wire, 1996)


Direção: David Hogan
Roteiro: Chuck Pfarrer (roteiro)Chris Warner (personagens da comic book)Ilene Chaiken (história e roteiro)

Elenco: Pamela Anderson (Barb Wire); Temuera Morrison (Axel Hood); Victoria Rowell (Dr. Corrina Devonshire); Jack Noseworthy (Charlie Kopetski); Xander Berkeley (Alexander Willis); Udo Kier (Curly); Steve Railsback (Coronel Pryzer); Andre Rosey Brown (Big Fatso)

Enquanto a Segunda Guerra Civil americana divide o país, Barbara " Barb" Kopetski tenta ficar o mais longe possível de confusão. Ela só quer cuidar de seu irmão e de seu negócio: um bar frequentado pelos piores tipos da região. Caçadora de recompensas nas horas vagas e com um passado misterioso, a explosiva Barb Wirre acaba se envolvendo no conflito quando seu ex-namorado pede sua ajuda. Em sua missão de escoltar a única mulher capaz de restabelecer a paz, Barb coloca em risco a vida de seu próprio irmão em um jogo mortal que ela não está disposta a perder.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Dragon Ball SUPER


 

Dragon Ball Super é o primeiro anime inédito da franquia Dragon Ball, produzido dezoito anos depois de Dragon Ball Z e também é a sequência direta do anime Dragon Ball Z e Dragon Ball Kai. O anime conta a história de Goku seis meses após a batalha contra o inimigo Majin Boo.



Supervisionada pelo criador original de Dragon Ball, Akira Toriyama e produzido com Fuji Television, Dragon Ball Super vai retornar em seu passado histórico para criar um negrito, um novo universo acolhedor para os fãs e cativante para os novos telespectadores.

O primeiro episódio se limitou apenas a situar o telespectador sobre o que tem acontecido na vida de alguns guerreiros Z nesse meio tempo, bem como mostrar que na ausência de grandes vilões, todos são meio que forçados a terem um mínimo de vida cotidiana (embora uns gostem e outros não). Ao mesmo tempo, foi abordada uma introdução tímida sobre Bills e seus movimentos pelo universo a fora. O que nos leva a crer que ele em breve chegará à Terra para tentar destruí-la também.



O anime começou a ser exibido desde julho deste ano (2015). 

Série Scream segue adiante



A nova série da rede americana MTV, Scream, baseada no filme de sucesso dos anos 90, Pânico, garantiu a sua segunda temporada na tarde de quarta (29/07). A notícia foi confirmada pela emissora durante as conferências de imprensa do Television Critics Association.

Depois de um incidente de cyber-bullying resultar em um assassinato brutal, a violência reacende a memória de uma série de assassinatos que ocorreram no passado em Lakewood, que intrigaram alguns e talvez tenham inspirado um novo serial killer. Um grupo de adolescentes, com dois velhos amigos tentando se reconectarem, se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue.



Atualmente, a série já exibiu seu ultimo capitulo em 1º de setembro de 2015 revelando o grande assassino serial que estava por trás da máscara de fantasma que levou personagens que muitos gostavam -e/ou até amavam de todo coração- como Nina (Bella Thorne), Riley (Brianne Tju), Xerife Clark (Jason Wiles), Will (Connor Weil) entre outros.  

O desfecho da trama deixou muitas pulgas atrás das orelhas do público. Embora as revelações tenham acontecido, nem tudo ficou tão claro. Será que Audrey foi realmente a ajudante de Pipper? As imagens mostraram o que levou muitos a crerem que sim. No entanto, sempre pode haver alguma explicação plausível para tirá-la de tal crucificação.

 Agora é aguardar a segunda temporada prevista para 2016.