quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Top 5 - Vingadores Banalizados

Mais uma vez estou aqui para falar um pouco sobre 5 Ex-Vingadores que não são creditados seus devidos méritos, pois em uma distinta época com certeza se não fosse por esses heróis, a equipe mais poderosa da Marvel Comics não teria se mantido viva.

Vamos aos cinco vingadores:



*Agente Americano: 

 Seu nome verdadeiro é John F. Walker. Criado por Mark Gruenwald e Paul Neary, surgiu pela primeira vez na revista "Captain América # 323", novembro de 1986. Nessa época adotava o nome de Super Patriota. Tornou-se o quinto Capitão América, quando Steve Rogers foi forçado a abandonar o Escudo e o uniforme original e se tornou "O Capitão". Rogers reassumiria o Capitão América tempos depois, e Walker adotaria o nome de Agente Americano.
John cresceu idolatrando seu irmão mais velho, que havia sido morto na Guerra do Vietnã. Ele entrou para o serviço militar, mas sentiu que não queria ser um "herói" como seu irmão mais velho era. Walker então se submeteu ao processo Power Broker (Poder Quebrado) para competir na Universal Class Wrestling Federation (Federação Universal da Categoria de Luta Livre). No entanto, seu agente o convenceu de que ele deveria se tornar um herói.
Ele se tornou então o Super-Patriota, argumentando que ele representava os "verdadeiros ideais" da América e começou a difamar publicamente o Capitão América. Três "Fortes Comandos Urbanos", companheiros da Federação, ajudaram-no a encenar ataques e intimidar os outros.
O Capitão América mais tarde abandonou sua identidade, devido à manipulação do Caveira Vermelha sobre a Comissão das Atividades Superhumanas. Walker então assumiu o papel do Capitão América, acalmando suas ideias. O homem que o serviu como Bucky se tornou Battlestar. E os outros dois BUCs tornaram-se Righ-Winger e Left-Winger.
Devido a sua truculência e violência eram uma afronta ao código de honra do herói. Nesse período, Rogers continuou agindo, porém adotou um uniforme e codinome diferentes, passando a ser chamado apenas de Capitão.
Em sua primeira missão, Walker enfrenta os cães de guarda, um grupo de milícias . Embora ele encontra-se tentando a emular a ética de Rogers, Walker é mais brutal do que o seu predecessor, devido a seus pontos de vista reacionários. Sua força sobre-humana e falta de controle emocional levá-lo a bater inadvertidamente Professor Poder até a morte.
Esquerdista e Direitista se juntaram ao grupo Cães de guarda, e revelaram publicamente o nome e local de nascimento de Walker.
Sua pais são posteriormente mortos por cães de guarda ; este incidente leva Walker mais perto de um colapso mental , especialmente quando a Comissão ordena -lhe para não sair da linha no futuro , resultando em seu desaparecimento durante o funeral de seus pais devido a suas novas responsabilidades . Em um estado de raiva, ele mata muitos dos cães de guarda.Ele conseguiu capturar Esquerdista e Direitista, e os amarrou em volta de explosivos prestes a detonar, que deixaram eles gravemente queimados e em estado de coma.
Após algumas histórias, os dois acabaram se confrontando, quando Walker salva a vida de Steve Rogers.
Então, Rogers volta a seu antigo uniforme e Walker assume o uniforme de Steve, adotando o nome de Agente Americano.
Walker vestiu um dos membros da Comissão com sua roupa, que morreu, e então Walker retornou como o Agente Americano.

Ele serviu nos Vingadores da Costa Oeste atuando como líder (a contra gosto do então líder Gavião arqueiro) e na Força Tarefa (criada pelo homem de ferro após a equipe da costa Oeste dos Vingadores ser dissolvida pelo governo). Trabalhando para sua antiga Comissão, ele entrou em conflito com outros heróis. Walker finalmente cortou seus laços com ela quando esta o colocou em um confronto contra o Máquina de Combate e Gavião Arqueiro.
Fez parte da tropa Omega do Canadá, durante o período da iniciativa do homem de ferro e a prisão de Steve Rogers após Guerra Civil.
Mais recentemente ele foi recrutado sem aviso por uma aparentemente recuperada Feiticeira Escarlate para um novo time dos Poderosos Vingadores. A Feiticeira Escarlate na verdade era o Loki disfarçado.
 Durante o evento EIXO , um Doutor Destino invertido recruta o Agente Americano para se juntar a sua versão dos Vingadores , a fim de ajudar a combater os maus - Vingadores agora liderados com Feiticeira Escarlate quando ela invade Latveria.

*Sersi:
 
Sersi é uma criação de Jack Kirby como uma Eterna, raça de super-humanos antecessores dos mutantes que surgiu de um experimento dos Celestiais. Na sua primeira história ela se refere ao seu encontro com Ulisses, episódio que teria dado forma ao mito grego da feiticeira Circe.
Criada para ser membro dos Eternos, uma espécie criada a partir dos experimentos dos Celestiais um milhão de anos.
Ela é de pelo menos 5.000 anos de idade e tornou-se lendário em torno de 1300 aC, quando o herói grego Odisseu e sua tripulação, frescos da Guerra de Tróia, chegou a sua ilha Aeaea. Sersi transformado tripulantes de Ulisses em porcos para tentar ameaçá-la.
Odisseu, no entanto, conseguiu afastá-la com a ajuda da deusa Athena, e Sersi voltou seus homens de volta ao normal.
Odisseu passou um ano em Aeaea; ela também encontrou o filho de Ulisses Telêmaco quando ele veio a seguir o caminho do pai. Séculos mais tarde, Sersi ainda considerado Telêmaco ser o amor de sua vida.
Sersi visitava Camelot do rei Arthur, onde ele expôs o mutante conhecido como Maha Yogi. Durante séculos Sersi continuou a viver entre os humanos, nos momentos em que a magia foi aceito como normal e possível Sersi usou seus poderes abertamente, e as pessoas consideravam uma bruxa, e às vezes era melhor para mostrar mais poder, só Sersi usou seus poderes na frente de seus amigos. Sempre gostava de ser o centro das atenções, e ser cercada por pessoas, ela nunca perdeu o contato com a sociedade humana, servindo como uma atriz, dançarina, cantora ou mágica.

Quando o Celestial deixou a Terra, Sersi continuou a sua vida entre os seres humanos, preferindo seu apartamento em Manhattan, em vez de viver em Olympia. Um pouco mais tarde, quando a batalha entre os deuses do Olimpo e os Eternos ocorreu Sersi seu companheiro Eternals se juntou para o combate.
O seu apartamento foi atacado pelo Delphian, um Eterno, que queria capturar Sersi para transportar Olympia, onde ele estava para decidir o destino de Eternos. Houve então uma batalha entre Sersi e Delphian, batalha na qual os Vingadores interveio, Starfox e a Vespa que estavam na festa. Apesar de seus poderes superiores, o Delphian usou seus poderes de teletransporte para levar tanto Sersi como os Vingadores para Olympia, onde eles estavam convencidos da necessidade de Sersi ficar lá.
Os Eternos partiram para o espaço, enquanto um pequeno grupo, aqueles que tinham mais contato com os seres humanos, permanecem na Terra, era logicamente Sersi um deles.
Quando o também Eterno Gilgamesh foi mortalmente ferido lutando contra os Homens Lava , os Vingadores veio a Sersi , na esperança de que isso vai ajudar a salvar o seu companheiro.
Sersi foi convidada a juntar-se aos Vingadores pelo Capitão América, e Sersi , logicamente hávida por aventura aceitou em tempo de enfrentar Nebulosa, que haviam tomado o controle de uma arma roubada do estrangeiro, e para ela conferiu grandes potências , mas finalmente Sersi e seus camaradas foram vitoriosos.
Sersi foi levada à loucura por Proctor, uma realidade alternativa do Cavaleiro Negro cuja Terra havia sido destruído por Sersi de seu mundo. Sersi eventualmente matou Proctor e deixou os Vingadores. Louco por vingança Proctor passou a viajar e caçar vingadores de Terras paralelas em busca da sua Sersi. No climax desta saga o Cavaleiro Negro acaba com Proctor e parte para outra dimensão junto com Sersi.
Recentemente, os Eternos começaram a reaparecer na Terra em Neil Gaiman 's nova visão sobre os seres imortais. A maioria parece não ter memória de sua própria história e habilidades, exceto Ikaris, e não há registros de suas aparições anteriores.
O que vemos é uma preocupação enorme do autor com o “elenco” da HQ, trabalhando habilidosamente seu cotidiano com o cuidado de um pai. A essa altura, Neil Gaiman não seria um escritor capaz de escrever diálogos rasos, ainda que não alcance o nível de complexidade já visto anteriormente.
John Romita Jr. está inspiradíssimo, numa das suas melhores performances. Ele recria à sua maneira os grandes seres cósmicos imaginados por Jack Kirby e entrega belos painéis com os gigantescos Celestiais, invocando em sua arte toda a grandiosidade do traço do criador dos personagens.
A minissérie termina com a promessa de um novo começo, deixa um gosto de quero mais, e estabelece o ponto de partida para que os Eternos repovoem o Universo Marvel. Durante esse período o Homem de ferro convida Sersi à participar da equipe mas a mesma prefere não se comprometer e continuar vivendo sua vida de luxuria entre os humanos.


*Capitão Marvel

Na minha opinião um dos integrantes dos vingadores, mais injustiçado, pois o cara ostentava o nome CAPITÃO e não passava de um coadjuvante nas aventuras que participou com a equipe.
O herói apareceu pela primeira vez na revista “Marvel Super-Heroes” n° 12, de 1967. Stan Lee (roteiro) e Gene Colan (desenhos) fizeram a origem do herói. Depois foram substituídos por Roy Thomas, Arnold Drake, Gary Friedrich, Archie Goodwin (estes quatro no roteiro), Don Heck, Dick Ayers, Frank Springer e Tom Sutton (nos desenhos). 
Mar-Vell era um guerreiro Kree de pele branca e nascido no planeta Hala.  Apesar de ser jovem, era um herói aclamado por suas vitorias contra o Superskrull e outros.
A Inteligêngia Suprema queria que um guerreiro seu infiltrasse na Terra para observá-los e precisaria de um Kree branco por causa de sua semelhança com os humanos. Ele encontrou Mar-Vell e sua amante Una. Mar-Vell foi escolhido para ser o espião Kree na Terra. Com Yon-Rogg para ser seu comandante, e Una para ser uma enfermeira em sua nave.
Depois de chegar na Terra, Mar-Vell testemunhou a morte do Dr. Walter Lawson, morto em um acidente. Mar-Vell tinha uma semelhança surpreendente com Lawson, então decidiu se passar por ele. Como Lawson, Mar-Vell conheceu a chefe de segurança Carol Danvers.
Mar-Vell apareceu publicamente com um capacete Kree e um uniforme para lutar contra um Sentinela Kree, os espectadores deram o o nome de Capitão Marvel e foi aclamado como um heroí.
Mar-Vell continua a observar os seres humanos e cade vez mais a amá-los, mas seu trabalho é dificultado por ciúmes de Yon-Rogg, a sua afeição crescente para com a humanidade, e seu passado criminoso de identidade falsa.
Depois de ajudar a humanidade várias vezes, Mar-Vell é considerado culpado de traição contra o Império Kree e sentenciado à morte por fuzilamento em um plano bolado por Yon-Rogg, mas escapa em um foguete roubado, e se perde no espaço. Depois de ficar 112 dias perdido, fraco e à beira da loucura, é manipulado por Ronan, o Acusador Kree, e pelo Ministro Zarek, que conspira em derrubar a Suprema Inteligência. Para melhor ajudá-los, a Mar-Vell é dado um novo traje e suas capacidades são reforçadas. Após a conspiração, Mar-Vell tenta retornar à Terra, mas no caminho é atingido por uma explosão de radiação que o atrai à Zona Negativa.
Como resultado, ele é exilado pela Inteligência Suprema Kree, governante dos Krees, para a Zona Negativa, uma outra dimensão, paralela a nossa. Mas o Capitão Marvel acha uma forma de escapar, mesmo que temporariamente: através de “nega-braceletes” ele pode trocar de lugar com quem se disponha a usá-los no nosso universo.
Guiado pelo herói, Jones encontra uma base Kree abandonada, na qual Rick encontra os braceletes, que, ao se unirem, o transportavam para a Zona Negativa, e traziam Mar-vell à Terra.
A dupla descobre que eles são capazes de manter contato telepático. Usando o método, Mar-Vell pode permanecer no universo positivo por um período de três horas.
O herói alienígena enfim se libertaria da Zona Negativa e ganhou novos poderes cósmicos quando Jim Starlin assumiu as histórias. Nessa época, o Capitão Marvel enfrentaria ao lado dos Vingadores o maior vilão espacial da Marvel, surgido após a era Lee/Kirby: o titã Thanos. É nesta saga que Mar-vell se liberta da Zona Negativa e ganha um novo uniforme e novos poderes. Se torna um ser extremamente poderoso e um dos heróis mais importantes do universo Marvel também intitulado de "o protetor do universo".
Mar-Vell se encontrava meses na Zona negativa e Rick Jones estava tentando ganhar a vida como cantor em bares. Até que recebe um chamado de Mar-Vell e, com um portal de Reed Richards no Edificio Baxter, os dois finalmente conseguem conviver na mesma dimensão. Só que o portal acabou libertando também o Aniquilador, que foi jogado de volta a sua dimensão pelo Visão.
Em seguida, Mar-Vell foi capturado por um vigilante kree seguindo ordens de Ronam que também pretendia fazer a humanidade retroceder evolutivamente  para o tempo das cavernas e garantir assim uma supremacia Kree nesse setor do cosmo. Os Vingadores resgatam Mar-Vell mas a notícia do ataque Kree chegou nos jornais e os Vingadores foram acusados de estarem aliados aos Krees por ajudarem Mar-Vell. Ele então decide se entregar às autoridades.
Disfarçado de Carol Danvers, o Superskrull faz Mar-Vell sair da mansão dos Vingadores e cair numa armadilha. Ele seqüestra também Feiticeira Escarlate e Mercúrio e os leva até a Galaxia Skrull. Lá Wanda e Pietro são torturados  pelo Imperador Skrull para que Capitão Marvel revele o segredo Kree de comunicação entre as mais longínquas Galáxias.
O Composto 13 era um gás experimental, altamente eficiente feito pelo exército dos EUA. Roubar este composto, que estava num cilindro contentor foi a primeira missão do vilão Nitro, também conhecido na época como o Homem-explosivo. O herói o deteve mas o cilindro rachou e Marvel teve que fechá-lo, inalou uma grande dose do gás. A exposição ao gás tóxico redeu o surgimento de um câncer extremamente agressivo, seus poderes fotônicos eram inuteis para curá-lo.
Quando o chocante diagnóstico foi dado, foram feitos todos os esforços para mudar o prognóstico. A mais elevada ciência e até magia não foram capazes de reverter o câncer. Cercado de heróis em seu leito de morte, o herói cósmico encontrou seu fim não nas mãos de alguma criatura espacial ou pelo estratagema de algum super-vilão, mas sim devido a uma doença.

*Jocasta:

Criada por Jim Shooter e George Perez, ela apareceu pela primeira vez em Avengers # 162 (Agosto de 1977). Inspirada na história de Édipo.
Jocasta era um ser mecânico construída pelo robô Ultron, um grande inimigo dos Vingadores. Para simular sentimentos, Ultron transferiu para o corpo desse ser a mente de Janet Van Dyne (A Vespa), quando esta era a esposa de Henry Pym. É mais uma manifestação da obsessão de Ultron pelo seu "criador", desta vez construindo aquilo que seria sua esposa e ao mesmo tempo "mãe", já que ele chamava Pym de "pai". Os Vingadores reverteram o processo, voltando a mente para o corpo humano da Vespa, mas Jocasta adquiriu sentimentos próprios e se uniu ao super grupo, abandonando Ultron. Mais tarde ela se sentiria atraída pelo Visão, mas este estava casado com a Feiticeira Escarlate. Ela deixou os Vingadores em Avengers # 211.
Jocasta não acreditava que seria aceita  pela maioria da equipe, e ela nunca foi oficialmente introduzido os Vingadores. Depois de sozinha, derrotar um senciente satélite meteorológico desonesto, ela deixou os Vingadores em sequência de uma reorganização.
Vagando pelo país, Jocasta descobriu que seus sentidos cibernéticos e poderes estavam com defeito. Ela procurou a ajuda do Quarteto Fantástico e fez amizade com eles. Logo, tornou-se evidente o mau funcionamento de seus poderes que foram os sintomas de uma sugestão pré-programada que obrigou a reconstruir Ultron. Ela o fez, mas logo se juntou com membro do Quarteto Fantástico, Coisa e Homem Máquina para derrotar Ultron. Durante este tempo, Jocasta e Hoeme Máquina desenvolveram sentimentos um pelo outro. No entanto, no confronto final com Ultron, Jocasta intencionalmente detonou Ultron que estava segurando uma arma. Ela foi destruída, mas Ultron NO ENTANTO sobreviveu, até que, Homem Máquina atinge na garganta de Ultron e arranca o circuito vital.
Jocasta foi remontada algum tempo depois por técnicos do Alto Evolucionário . Jocasta manteve o suficiente de sua programação para enviar um sinal para os Vingadores . A equipe havia se dissolvido no momento , mas o sinal foi recebido por membros de reserva, incluindo Fera, o capitão, o Falcão , Hércules, o Hulk eo segundo Jaqueta Amarela . Jocasta ajudou a combater a força do Evolucionário. Mais uma vez Jocasta se sacrificou para explodir navio de comando do Auto Evolucionário.
Na realidade, Jocasta conseguiu sobreviver baixando sua inteligência em uma armadura do Homem de Ferro, onde se reafirmou a si mesma. Inteligência de Jocasta foi colocada dentro da mansão de Tony Stark informatizando , e ela iria ajudá-lo com a operação diária de sua mansão , bem como para buscar informações , conforme necessário.
Uma vez que a armadura do Homem de Ferro foi usada para abrigar a programação que compunham Jocasta , tornou-se infectado com a sugestão subconsciente pré-programado para reconstruir Ultron , mas Em vez disso conseguiu desenvolver sua própria inteligência artificial. Stark quase foi morto em um confronto com a armadura , mas no final , ela sacrificou-se para permitir que Stark viva.
Na realidade, Jocasta não morreu . Ela apareceu em posse do corpo de Antígona e saiu, levando a cabeça de Ultron com ela.
A próxima missão da Jocasta é com A.R.M.O.R. , para recuperar uma amostra de sangue de um humano vivo do universo Marvel Zombies . O Homem Máquina a acompanha ao Portal que os transporta para o universo Zumbi. Jocasta e Homem Máquina recorrem a Vanessa Fisk, a esposa do Rei do Crime Zumbi . Com a permissão de Vanessa eles extraíram uma amostra de sangue dela. Ficaram para trás Machine Man Para atacar os zumbis Jocasta é forçada a deixar para trás o Homem Máquina quando o Portal retorna para Leva-los .
Jocasta foi membro da Iniciativa dos 5 Estados equipe de super-heróis do Novo México , o Mavericks , ao lado de um Skrull posando como herói veterano.
Jocasta se junta aos Poderosos Vingadores junto com Henry Pym, o novo Vespa.
Sem o conhecimento dos Vingadores, um dos órgãos de Jocasta mais tarde foi infectado por Ultron, que se mais tarde reconstruído com máquinas de replicação da mansão e da maioria dos órgãos duplicados de Jocasta. Depois de uma perseguição em torno da mansão, Jocasta conseguiu mediar um acordo com Ultron: Eu posso finalmente casar com ele em troca de um cessar das hostilidades.
Durante a Era Heróica , Jocasta aparece como um membro da equipe da Academia de Vingadores.

*Cavaleiro Negro

Criado por George Tuska e Roy Thomas, Cavaleiro Negro apareceu pela primeira vez na revista Avengers #47, publicada em dezembro de 1967.
Sobrinho do vilão Cavaleiro Negro que atendia pelo nome de Nathan Garrett, Dane foi chamado por seu tio quando ele foi mortalmente ferido na sequência de uma batalha com o Homem de Ferro. Com suas ultimas palavras o tio confessou a sua vida de crime, e Dane na tentativa de restaurar a honra de seu legado tornou-se o Cavaleiro Negro.
Na primeira vez, Dane esperava usar apenas seus conhecimentos científicos para ser uma força para o bem. No entanto, seus experimentos científicos usando magnetismo para procurar vida extraterrestre, inadvertidamente, trouxe Magneto e Groxo de volta para a Terra numa época em que os vilões mutantes se acreditava perdidos no espaço. Magneto imediatamente começou a re-formar a sua Irmandade, começando pelo sequestro de Mercúrio e Feiticeira Escarlate. Whitman vestiu o traje e armas do Cavaleiro Negro para derrotar Magneto, mas foi confrontado pelos Vingadores, que confundiram ele com seu tio. O Cavaleiro Negro ajudou os Vingadores e começou à seguir o caminho certo, mas partiu na companhia deles, irritado com a sua desconfiança.
Nathan Garrett foi postumamente contatado para participar dos Mestres do Terror organizado pelo Capuz Vermelho (na verdade, o robô Ultron, que não tinha conhecimento da morte do vilão cavaleiro). Whitman concordou em se juntar à equipe com as esperanças de se infiltrar em suas fileiras, e ele tentou entrar em contato com os Vingadores antes do ataque. No entanto, Ultron percebeu à traição de Whitman, e os Mestres interceptaram-no, espancando-o e deixando-o abandonado. Com o Cavaleiro Negro e Jarvis descartados, que também havia sido abandonado pelos Mestres para depois aparecer como se fosse o Cowl Crimson. O Cavaleiro Negro rastreou os Mestres do Terror, ajudando os Vingadores escapar e superar seus adversários. Os heróis, em seguida, partiram em melhores condições, apesar de Whitman ainda queria manter a sua distância.
Dane Whitman fez uma viagem para a Inglaterra na intenção de vender o Castelo Garrett, a última herança deixada por Nathan. Dane foi reconhecido pelo espírito do seu tio, Sir Percy da Scandia, de forma parecida com o que havia acontecido com Nathan. Entretanto, Dane mostrou-se digno de puxar a Espada do Ébano e derrotou os envolvidos na guarda da espada demoníaca. Retornando para a América, o Cavaleiro Negro encontrou o Doutor Estranho através do seu contato mútuo com Victoria Bentley. Os dois começaram a trabalhar juntos, uma vez que contra Tiboro e uma vez que, com os Vingadores, contra Surtur e Ymir.
Por sugestão do Cavaleiro, Amergin usou seu descendente moderno, Doutor Druida, para provocar ajuda dos Vingadores. Eles esperavam usar o Olho-do-Mal para absorver a energia suficiente para fechar o portal entre Avalon e da Terra, mas era o Cavaleiro Negro, que foi forçado a usar o olho, destruindo seu corpo no processo. Doutor Druida retornou os Vingadores para a era atual, e com o seu último vestígio de poder, restaurado o corpo de pedra de Dane Whitman e transformou-o de volta em carne e osso. Ele logo encontrou um novo cavalo alado, Valinor.
O Cavaleiro Negro retornou aos Estados Unidos, onde teve participação ativa novamente. Durante este tempo, ele começou usar uma montaria mecânica chamada "Atomic Steed". Ele também desenvolveu uma paixão por sua companheira Vingadora, a Vespa, mas ela não compartilhava sentimentos por Dane e ele logo foi forçado a abandonar as suas intenções. Ele, no entanto, tornou-se romanticamente interessado por sua admiradora, a Jaqueta Amarela.
Quando à aliada dos Vingadores, Marrina, submeteu a sua própria transformação em uma criatura maritima enorme e selvagem semelhante ao Leviatã mítico, ela começou a afundar várias frotas de navios e que assola o mundo submarino de Atlântida. Os Vingadores caçaram-na, mas no final foi seu marido, Namor, que tomou a Espada do Ebano de Whitman e desferiu um golpe mortal em Marrina. Whitman sentiu imediatamente os efeitos da maldição de sangue sobre a lâmina, que teve o efeito de lentamente transformando-o em uma extensão viva do sua Espada do Ebano. Como tal, ele começou a cortar as pessoas e objetos que ele tocava e gradualmente foi mais difícil de se mover.
O Cavaleiro Negro foi forçado a deixar os Vingadores, na companhia de seu companheiro Thor, que esperava encontrar uma cura para a condição de Whitman no reino de Asgard. No entanto, no momento em Asgard se envolveu em uma batalha contra o deus egípcio da morte, Seth e seu exército. Finalmente, Thor usou a lamina amaldiçoada do Cavaleiro para Seth. Thor, em seguida, levou o corpo do Cavaleiro de volta à Terra, colocando-a sob os cuidados do Doutor Estranho. Dane Whitman foi restaurado ao normal graças aos esforços combinados de Doutor Estranho, seus amigos Victoria Bentley e Sean Dolan, e o espírito de Sir Percy.
O Cavaleiro Negro logo voltou para os Vingadores, trocando a Espada do Ebano por uma espada laser de alta tecnologia.
O Cavaleiro Negro logo encontrou-se em um triângulo amoroso envolvendo ele e duas de suas companheiras de equipe, o inumana, Cristalys e a Eterna, Sersi. Dane amava Cristalys, a esposa do Mercúrio, mas também era fortemente atraído pela mentalmente instável Sersi, que estava loucamente apaixonada por ele e Dane foi forçado a ligar-se mentalmente a ela. Quando Mercúrio retornou ao grupo e parecia preparado para se reconciliar com Cristalys, Dane desinteressadamente renunciou seus sentimentos por ela. Ao mesmo tempo, os Vingadores foram atacados pela contra-parte de Whitman de outra dimensão, o Proctor, que estava determinado a matar Sersi em vingança por aquilo que sua colega havia feito com ele, incluindo o processo de ligação mental. O Cavaleiro Negro ajudou a derrotar o Proctor e resignou-se a acompanhar Sersi em seu exílio para uma outra dimensão como a sua crescente instabilidade mental ficou muito perigoso para continuar na Terra.
Durante suas aventuras em outras dimensões, Sersi recuperou a estabilidade emocional e ela e Dane passaram algum tempo com uma equipe chamada Ultraforce, mesmo tornando-se seu líder. Ele e Sersi finalmente decidiu regressar à Terra, no entanto, eles acabaram acidentalmente indo para nas Cruzadas, durante o qual Dane ganhou a amizade e a inimizade dos Bennet du Paris, uns cavaleiros loucos que sobreviveram ao confronto com o mutante terrorista Êxodo, o líder dos Acólitos. Ao retornar à Terra nos dias de hoje, Dane e Sersi separaram-se.
O Cavaleiro Negro continuou a combater o mal como um membro dos Heróis de Aluguel e como um membro inativo do Vingadores, até à dissolução dos Heróis de Aluguel. Numa das missões finais da equipe, que encontrou no Monte Wundagore os animais humanóide criado pelo Alto Evolucionário.

Após diversos acontecimentos, aventuras e até mesmo desventuras, Cavaleiro Negro rompeu a parceria que tinha com os Homens Novos e, por fim, juntou-se efetivamente aos Vingadores durante sua guerra contra o Kang, após idas e vindas. No entanto, após o fim da batalha, se separou do grupo e, recentemente, se juntou ao MI-13.
Mais recentemente o Cavaleiro Negro teve seu retorno em Novembro de 2015. O título terá texto de Frank Tieri e arte de Luca Pizzari. A história se passará após os eventos de Guerra Secreta, no Weirdworld – um mundo mágico criado por Doug Moench e Mike Ploog, em 1977. Tieri descreveu a série como um cruzamento das séries Game of Thrones e Breaking Bad. O artista Lucas Pizzari, que já trabalhou com o Cavaleiro Negro em o Novo Excalibur, fará os desenhos internos e até deu uma turbinada no visual do personagem.
Na história, que mostrara uma mistura de realismo e magia, o drama de Whitman em não ser dominado pelo poder da sua espada é algo central. Weirdworld será a Nova Avalon de Dane, que no universo 616 da "Eu acho que Dane é um personagem subvalorizado e tem ficado assim por muito tempo. Espero que esta série corrija isso. Quero dizer , pense nisso ... com Merlin, Camelot , a perspectiva da espada e feitiçaria que é tão popular agora ..." disse o autor. 
Marvel tinha sido visto a última vez durante a minissérie Pecado Original.
Um dos problemas do personagem será o seu “vício” ligado a sua espada negra, que exerce uma influência muito negativa sobre o usuário. A espada foi criada pelo mago Merlin, feita do material extraído de um meteorito. Dane Whitman entrará em conflito com seus antigos aliados, os Vingadores.

Esses foram os 5 Vingadores banalizados pelos argumentistas e editores... a ordem foi pelo meu critério de relevância, pois sou muito fan desses personagens... e com o passar dos tempos foram sendo deixados de lado ou tomaram rumos em direção ao ostracismo ou o Limbo.
Espero que tenham gostado e em breve estarei postando a parte 2, pois existem outros Vingadores que realmente foram esquecidos (ainda bem). Até a próxima.